voltar à programação

Sinopse

A polifonia de uma cidade. É preciso alertar e também entreter. Um conto, talvez, o fim do mundo. A última gravação com a voz do pai. Alguém que vê e ninguém ouve. Por baixo deles, e acima de suas vontades, um pulso.

Sobre a criação

E de repente uma ossada de baleia emergiu na cidade é sobre subterrâneos. É uma digressão, um delírio, sobre a cidade e sobre as sombras dela. Uma peça-provocação, escrita pela polifonia, já que escrita por dez mãos ágeis e atentas, mas que dão eco a muitas outras vozes. E, assim como a vida, não é linear, com início meio e fim, como tanto desejam imputar a ela – e ao teatro, como se ele devesse ser a consequência natural dela.

A montagem dá corpo ao texto produzido por cinco dos autores participantes do último ciclo do Núcleo SESI de Dramaturgia. Eles escreveram uma peça com um caráter colaborativo que é bastante significativo nos dias de hoje. O texto foi produzido pelo ato da escuta e é nessa escuta da pulsação da cidade que reside sua maior potência. E mais, é uma peça que se propõe a existir na invenção da linguagem, e neste sentido é ainda mais subversiva. 

Sobre o artista

Fabiano de Freitas é diretor teatral, dramaturgo, roteirista e realizador das áreas radiofônica e audiovisual. É diretor da cia. Teatro de Extremos, que completa 10 anos em 2016 e tem no currículo espetáculos como ‘Umbigo’, ‘Ataraxia’, ‘Aquilo que não se move’, ‘Obituário ideal’, ‘Queda’, ‘Favela rouge’, ‘As engrenagens’, ‘Feriado de mim mesmo’ e ‘O homossexual e a dificuldade de se expressar’. Este último foi indicado a seis categorias do Prêmio Questão de Crítica, incluindo Direção para Fabiano de Freitas, e fez parte da programação do Festival X-Tudo SESI Cultural 2016.

Serviço

Teatro SESI - Centro
Endereço: Avenida Graça Aranha, 01 - Centro
Data: 06, 07 e 08 de dezembro
Horário: 19h30
Duração: 70 minutos
Capacidade: 350 lugares

* após a apresentação da estreia, na terça-feira 06 de dezembro às 20h30 no Teatro SESI-Centro, será realizado o lançamento da publicação com as dramaturgias escritas na segunda edição do Núcleo SESI de Dramaturgia (2016).

Equipe de Criação

Autores: Andressa Hazboun, Gabriel Barros, Gabriela Giffoni, Pablo Kaschner e Pedro Leal David
Direção: Fabiano de Freitas
Elenco: Adriana Bellonga, Juracy de Oliveira, Nely Coelho, Pedro Nunes e Victor Seixas
Participação especial: Dani Ornellas
Luz: Renato Machado
Trilha e desenho sonoro: Rodrigo Marçal
Figurino: Evee Avila
Ambientação cênica: Fabiano de Freitas
Assistente de direção: Pedro Uchoa
Assistente de figurino: Mauricio Lima
Montagem técnica: Iuri Wander
Assistente de produção: Felipe Abrantes
Direção de produção: Junior Godim
Coordenação de projeto: Fabiano de Freitas